Não apague a luz

Meu amor,

Se você for embora, junte todas suas coisas. Tire suas roupas do armário e coloque-as na mala. Lembre-se de pegar sua escova de dente, sua escova de cabelo, seu pente e tudo mais. Tire o que for seu da sala. Pode levar os presentes que eu te dei. Pode levar os presentes que você me deu. Pode levar tudo. Pode me levar contigo.

Quando você for embora, leva também essa sensação de vazio. Não quero ficar com ela. Leva todos os fantasmas e demônios que me deixam com medo de chegar em casa e ficar sozinho ouvindo o som ensurdecedor do silêncio gritando no meu ouvido. Leva também o sussurro constante da solidão e a voz da insegurança que se instala dentro de mim e me faz ter das dúvidas mais essenciais a vida.

Leva tudo embora contigo, por favor. Leva as lembranças, a memória, as almofadas, as cores, a tua família. Leva o tempo, o vento, o clima. Leva a vida, a morte. Leva os pássaros, o gato e o cachorro.

Meu amor, quando tudo estiver pronto, vá embora. Só não apague a luz. Eu tenho medo do escuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s